Translator / Traducteur / Übersetzer / översättaren / переводчик / 翻訳者

O NOSSO PROPÓSITO

O Capitão Haddock da banda desenhada do Tintin é uma boa caricatura de como se atribui a relação entre o mar e as garrafas ao alcoolismo dos marinheiros. No entanto a relação que mais nos interessa é a de que os marinheiros tinham com as garrafas já vazias. Tal como com o álcool, a atenção requerida pela introdução de modelos de veleiros no interior de garrafas -pelos seus gargalos- fazia-os evadirem-se da sua dura realidade. Ao contrário das fantasias de Baco o resultado desta outra relação era uma fantasia perdurável com um significado quase bíblico, o do buraco da agulha e do camelo.

O Mar das Garrafas será um espaço de divulgação de uma arte que, mais do que uma evasão, constitui um meio de trabalhar a persistência. Aqui apresentarei trabalhos já realizados, outros a realizar, trabalhos de outros, os resultados da minha pesquisa contínua sobre a história e as mútiplas envolvências desta arte, especialmente a das embarcações tradicionais.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Oh, My Captain!

Encontrei no YouTube este filme de Ernest Kim que considero muito belo pela sua simplicidade. Trata-se de alguém que tem a construção de barcos em garrafas como passatempo e que decide um dia construir um barco para navegar no mar que vê da janela.



Eu próprio, miniaturista de barcos em garrafas, já naveguei pelo mar exterior ao das garrafas, mas não fiz o barco. Comprei um caiaque numa loja, levei-o para o mar em cima do tejadilho do carro,  não percorri qualquer rota desconhecida, não me esqueci de alguém e aqui estou eu ...um dia vou fazer um!




Sem comentários: