Translator / Traducteur / Übersetzer / översättaren / переводчик / 翻訳者

O NOSSO PROPÓSITO

O Capitão Haddock da banda desenhada do Tintin é uma boa caricatura de como se atribui a relação entre o mar e as garrafas ao alcoolismo dos marinheiros. No entanto a relação que mais nos interessa é a de que os marinheiros tinham com as garrafas já vazias. Tal como com o álcool, a atenção requerida pela introdução de modelos de veleiros no interior de garrafas -pelos seus gargalos- fazia-os evadirem-se da sua dura realidade. Ao contrário das fantasias de Baco o resultado desta outra relação era uma fantasia perdurável com um significado quase bíblico, o do buraco da agulha e do camelo.

O Mar das Garrafas será um espaço de divulgação de uma arte que, mais do que uma evasão, constitui um meio de trabalhar a persistência. Aqui apresentarei trabalhos já realizados, outros a realizar, trabalhos de outros, os resultados da minha pesquisa contínua sobre a história e as mútiplas envolvências desta arte, especialmente a das embarcações tradicionais.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Mares galegos


O Blogue  "Amigos da Dorna Meca" publicou um vídeo sobre o encontro de embarcações tradicionais em 2011 em Carril, na Galiza. É um excelente Vídeo!




...

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Águas do Brasil


Durante o ano de 2011 este blogue passou a ter mais frequentadores brasileiros que portugueses, assinalando esse facto deixo-vos aqui um vídeo de cuja existência tive conhecimento através do meu amigo brasileiro Sérgio do Blogue "O veleiro na garrafa" .






...

domingo, 11 de dezembro de 2011

Os "mares" de Gerard Gauvin


O meu companheiro da Association Bateaux en Bouteille, Gerard Gauvin está neste vídeo com as suas belas miniaturas:




...

domingo, 20 de novembro de 2011

O "mar" do farol

Há muitos anos ensaiei uma pequena experiência, realizando um "mar de garrafa" com a miniatura de um farol que se iluminasse intermitentemente.

Com a ajuda do meu amigo Nuno Miranda montámos um dispositivo electrónico com um LED e, como se pode verificar vendo o vídeo que se segue, resultou... pena é que a diferença de temperatura interna da garrafa, com o calor do LED -embora muito reduzido- quando este estava aceso e o frio quando este estava apagado, criasse condensação.



...

sábado, 12 de novembro de 2011

Ziggy...


Das andanças pela WEB esta reflexão ...

















...

terça-feira, 8 de novembro de 2011

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Elsie

Em 1989 realizei a miniatura da escuna americana "Elsie" que ofereci ao meu filho João, na altura com um ano de idade. A "Elsie" foi construída em 1910 no estaleiro de Arthur D. Story em Essex, Massachusetts, Estados Unidos da América. Foi um membro orgulhoso da frota de Gloucester e um contendor nas regatas internacionais de pescadores (de bacalhau) de 1921. A "Elsie" foi desenhado pelo Capitão Thomas McManus e construída para a Companhia Marítima Atlantic de Gloucester.


Na sua viagem inaugural, em 1910, ela conseguiu pescar mais de 280.000 quilos de bacalhau, mas, em 1916 foi vendida para uma companhia  canadense e depoisem 1921, foi adquirida pela Companhia de Frank C. Pearce e trazida de novo para Gloucester. 


 Na posse da Pearce e com o Capitão Marty Welch no comando, desafiou a escuna canadiana Bluenose para a Regata Internacional de Pescadores de 1921. Apesar dos seus esforços nas duas corridas, que tiveram lugar na costa da Nova Escócia daquele ano, Elsie perdeu para o Bluenose. 

A Elsie naufragou em janeiro de 1935, no Golfo de St. Lawrence.


(trad. simplificada de: http://goodmorninggloucester.wordpress.com/2011/04/06/cape-ann-museum-unveils-the-gloucester-fishing-schooner-elsie-april-9th/)








...

domingo, 30 de outubro de 2011

A escuna do Pedro

 A única vez que realizei um "mar" numa garrafa de Dimple fi-lo para o meu amigo Pedro.

Tendo em conta a relação entre a forma da garrafa e a do veleiro, escolhi uma escuna para esta garrafa. Trata-se de uma escuna piloto -que levava os pilotos de barra aos grandes navios para os conduzir a bom porto.

Realizado em fins dos anos 80, este foi o primeiro trabalho em que a espessura dos mastros já era proporcional à escala do modelo!

Deixo-vos agora com um pequeno vídeo sobre a escuna do Pedro!




PS 

O Pedro é o autor das  fotografias!
...

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O "Mar" da Sala da Marinha de Moulinsart



O Capitão Haddock, a minha personagem preferida dos álbuns do TinTim, não lidava apenas com garrafas ainda com álcool, na realidade na sua Sala da Marinha no Castelo de Moulinsart havia um "Mar de Garrafa". Pode verificar o que dizemos no álbum "O Segredo do Licorne" na vinheta que expomos em baixo.





...

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

OS "MARES" PIRATAS DO MEU AMIGO ALAIN TREGOU


Mon ami Alain Tregou, qui a eu la gentillesse de m'écrire en portugais, m'a envoyé une série de photos d'un merveilleux travail sur le thème «L'íle des pirates". Je vous laisse des photos de leur travail.  





















































C'est un travail très intéressant car en plus de sa perfection, se concentre sur le détail d'une plus complète, concernant le navire et son équipage... mais c'est comme si ces éléments ne sont pas nécessaires!

Merci cher ami!

PS
Alain, je vous remercie de me correcte mes erreurs dans mon français!
...

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

HMS Victory Ship


O HMS VICTORY já foi aqui tema deste blogue, ei-lo agora de novo em 3D para "abrir o apetite"  aos miniaturistas de veleiros em garrafas!



...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A Muleta do Seixal


Apenas hoje reparámos numa nota enviada pelo nosso amigo Montalvão, que aparece também em inglês sobre a nossa embarcação preferida, emblema do nosso blogue: a Muleta do Seixal. Esta nota destinava-se a recrutar elementos para a 2ª Edição do Ateliê Modelismo e Arqueologia Naval, já iniciada em Março, mas publico agora a informação restante.

A muleta do Seixal é considerada por muitos como a mais extraordinária de todas as embarcações portuguesas. Este barco de pesca é arcaico na forma do casco, singular na configuração dos aprestos e bizarro em termos de aparelho vélico, mas suscita paixões.

Saiba mais sobre este barco que navegou no Tejo até ao princípio do século XX, em  http://muleta-do-seixal-apresentacao.blogspot.com/  .

Acompanhe a partir de http://muleta-do-seixal-pecas.blogspot.com/

Veja em  http://muleta-do-seixal-aprestos.blogspot.com/   o trabalho produzido por um dos nossos alunos.

Mais informações sobre  o Ateliê Modelismo e Arqueologia Naval em http://modelismo-e-arqueologia.blogspot.com/
 o processo de construção dos modelos de muleta que estão a ser realizadas pelos alunos de modelismo do Ecomuseu Municipal do Seixal.




The Muleta from Seixal is regarded by many as the most extraordinary of all Portuguese vessels. This fishing boat is archaic in the shape of the hull, singular in its fittings and  bizarre in terms of rigging, but arouses passions all around the world.

Learn more about this ship that sailed in the Tagus by the beginning of the 20th century at http://muleta-do-seixal-apresentacao.blogspot.com/

Track from http://muleta-do-seixal-pecas.blogspot.com/ the process of construction of the models that are being built by our  students in Ecomuseu Municipal do Seixal.
See in  http://muleta-do-seixal-aprestos.blogspot.com/  the work produced by one of our students.

More information at http://modelismo-e-arqueologia.blogspot.com/




....

domingo, 11 de setembro de 2011

O "Mar" pirata do Acácio


Hoje este blogue faz dois anos e para comemorar apresentamos o nosso segundo "Mar", feito em 1985 na Vila de Nordeste na Ilha de S. Miguel nos Açores. Diga-se para ser verdadeiro que esta garrafa teve alguns precalços, especialmente por ter realizado o diorama em gesso. Com este material o vidro ficava embaciado!

Como poderão ver no vídeo a versão B deste "Mar", já sem o gesso, foi oferecida ao meu amigo Acácio que também vivia no Nordeste de S. Miguel. A temática dos piratas surgiu porque na ilha onde estávamos havia alguns -poucos- "piratas" que por vezes nos atormentavam! Lembro-me que a figura do pirata que está ajoelhado, tirando o ouro da arca, andou uma dúzia de horas na boca do Zé Manel de Tomar... quando o mostrei para demonstrar a minha perícia de escultor, ele pegou no boneco e "comeu-o"! 






O vídeo seguinte é o trailler do filme de Polanski, que em minha opinião é o filme sobre o tema mais conseguido, a prestação de Walter Matthaw é soberba!




...

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

"Mares" musicais de 1969


Já aqui falámos de "Mares" poéticos, agora ficamos com um musical: Stonewall Jackson "Ship In The Bottle"!




...

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Larguer les amarres…


"Larguer les amarres..." , eis um vídeo que mais uma vez junta a técnica 3D com a ideia da miniaturização de veleiros em garrafas:





Brevemente realizarei um post com um verdadeiro "mar de garrafas" pirata!

...

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O "Mar" do Capitão Haddok


 Na apresentação do propósito deste blogue falamos do Capitão Haddok, personagem da banda desenhada que sempre nos empolgou, pois fiquem sabendo que vem aí um filme com ele e nada mais, nada menos, de que "O Segredo do Licorne":





A propósito, sabiam que no álbum de banda desenhada de que falamos aparece um "mar de garrafa" no castelo de Molinsart?
...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

O mar da Carnota



Acabámos de vir da Carnota, na Galiza, entre Muros e a Finisterra, um dos meus mares naturais favoritos!




Neste ano, como no anterior, foi difícil tripular o kayake devido ao vento. Deixo um vídeo sobre o paraíso mais perto de onde vivemos!



...

domingo, 14 de agosto de 2011

O Mar dos Fish Fight


Acabei de ver um documentário sobre o Fish Fight e resolvi colocar aqui o vídeo e o texto que exibem na sua página da WEB... afinal para que faremos mares de garrafas se o mar original não for conservado! ...Os mares das garrafas apenas servem para assinalar a beleza dos oceanos, não para a substituir!




Every day far out at sea half the fish caught in the North Sea are being thrown back dead. That's almost a million tonnes of edible fish every year - wasted. Fishermen hate doing it, but EU law says they have to. They call it "discarding". What would you call it? Madness? An environmental crime? A senseless waste of good food? We want to stop it. Join the discard protest at http://www.fishfight.net

sábado, 6 de agosto de 2011

"Mares"... com Cebola!


Tardo em finalizar o "Mar" com que quis comemorar o primeiro aniversário da minha neta, Madalena. Deixo-vos algumas fotografias de quando ele parecia pronto, com a utilização de uma casca de cebola numa das velas.






























...

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Guía de las embarcaciones tradicionales gallegas


Como já se deve ter percebido não é possível ser um bom miniaturista de "Mares de garrafa" sem conhecer bem as embarcações que se reproduzem, eis a minha última compra aqui na Galiza:



Índice:

Prólogo
Introducción
Esquema básico de terminología náutica
Embarcaciones de fondo plano
- La gamela
- La chalana
Técnicas de construcción naval en madera
Embarcaciones de tingladillo
- La dorna
- El bote anguleiro
La ceñida
La lancha de relinga y embarcaciones derivadas
- La lancha de relinga
- El galeón
- El bote polbeiro
- La lancha volanteira
- La buceta
La vela de relinga
Embarcaciones de la costa norte
- La lancha de las rías altas
- El trincado
- El barlote
La vela latina: evolución y variantes
La trainera y embarcaciones derivadas
- La trainera
- El racú o racuz
- El falucho
Otras embarcaciones tradicionales
- Los botes
- Los veleros
- Embarcaciones a motor
Glosario de términos náuticos empleados
Índice de denominaciones de embarcaciones
Fuentes bibliográficas



Contenido:

El propósito de esta Guía es contribuir a acercar la cultura marítima gallega tradicional al público no especializado. Su contenido se centra en las embarcaciones, exponiendo en un lenguaje sencillo y comprensible los rasgos característicos de cada una de ellas. Se trata aquí de resaltar los elementos identificativos que permitan al lector reconocer cada embarcación y apreciar sus detalles constructivos, así como las particularidades de su aparejo y de su maniobra. Igualmente se exponen su origen y desarrollo históricos, en la medida en que sean conocidos, se muestra su relación con otros tipos de embarcaciones, las principales funciones que realizaba y también se describen las variantes que cada una presenta, en función de las diferentes actividades a que eran dedicadas y de las diferentes zonas en que eran utilizadas.
Dado que va dirigida s un público no especializado, esta obra incorpora información sobre temas generales de náutica, que resultan básicos a la hora de hablar de navegación, y especialmente de navegación a vela. Todo ello se orienta a facilitar al lector la comprensión de una serie de embarcaciones cuyo aspecto y manejo son muy distintos de los que presentan las actuales.

...

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Currach's


O Currach é um tipo de embarcação irlandesa e escocesa feita de peles de animais esticadas numa estrutura de madeira. A construção e o desenho do currach é exclusivo da costa oeste da Irlanda e Escócia, com variações de tamanho e forma ( In http://en.wikipedia.org/wiki/Currach)






Já alguém viu um Currach numa garrafa?
...

segunda-feira, 18 de julho de 2011

O "mar" de Mr. Bean


Até o Mr. Bean gosta dos nossos "Mares"... é apenas um pequeno excerto, mas é o suficiente para sabermos que gosta!... O resto nem vale a pena ver porque é traumático!



...

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Outra vez o "Blue Nose"


Já tínhamos falado do celebérrimo "Blue Nose", uma escuna canadiana de pesca ao bacalhau, vencedora das regatas que se faziam entre elas, como se pode rever num filme já apresentado aqui.



As escunas Bluenose e Henry Ford de Gloucester

Encontrámos o vídeo que se segue sobre um "mar" alusivo a essas corridas.




Como se pode verificar depois de alguma atenção o mar deste "Mar" é feito de cera... reparem como se ajusta ao vidro da garrafa!
...

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Os "Mares" de Alain Trégou


O meu amigo Alain Trégou tinha-me enviado há bastante tempo algumas fotografias de uma miniatura de um Galway Hooker a velejar. Demorei a publicá-las porque só agora as reencontrei.

Galway Hooker, Alain Trégou


O Gallway Hooker, com um nome extraordinariamente expressivo para uma embarcação, já aqui tinha sido objecto do nosso interesse, quer como miniatura...


Miniatura de Alan Rogers / Clique aqui para ver o post

... quer como registo da bela embarcação Irlandesa.




Parabéns pelo teu belíssimo trabalho Alain... além de realizarmos uma arte tradicional, é bom que também relembremos as embarcações tradicionais, sempre muito belas!


Galway Hooker, Alain Trégou

...

domingo, 5 de junho de 2011

"Mares" do Museu Marítimo de Amesterdão, Holanda


No Scheepvaartmuseum em Amesterdão existem muitos  "mares".




O que se vê na fotografia é surpreendente, pois além de representar um naufrágio de um veleiro, este, ao contrário da generalidade dos "mares" de tradição europeia, navega contra o gargalo. Podem ver muitas mais peças do Scheepvaartmuseum clicando aqui .



...

sábado, 28 de maio de 2011

La Fleur de Lis

Quem é bom miniaturista tem de saber como são e como funcionam as embarcações que faz. No blog "15 Marins"  pudemos encontrar um vídeo sobre a galera "Fleur de Lis", um bom exemplo do estudo de uma embarcação:


Galère "La Fleur de Lis" 1690 por gdlx31

No Facebook clique aqui para ver o vídeo.
...

terça-feira, 24 de maio de 2011

"Mares" Russos II - Vlad Babkin


Encontrei este vídeo na net, mostra-nos o trabalho de um excelente fazedor de "mares de garrafa" russo, Vlad Babkin. No facebook podem vê-lo clicando aqui. Reparem que as suas embarcações até têm pregadura!




Podem ver mais dos seus excelentes trabalhos no seu site: http://www.shipinthebottle.ru/

...

segunda-feira, 16 de maio de 2011

AS VELAS DO ENTARDECER, ESTUÁRIO DO N'KOMATI, MOÇAMBIQUE


Aqui vos deixo com mais um vídeo sobre as lanchas de bastardo da foz do rio N'komati, com Maputo na margem direita e Catembe na esquerda. Estas, contrariamente às embarcações do mesmo tipo mais para norte de Moçambique, embolsam a vela por dentro da enxárcia à maneira portuguesa.




A conversa espontânea que se ouve decorre entre mim e o meu amigo Pedro com quem fui, mais uma vez, a Moçambique. Obrigado Pedro!

Clique aqui para aceder ao vídeo no Facebook.

...

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Os "mares" de Heather Gabrielle Rogers


Já tinha publicado um post sobre Heather Gabrielle Rogers neste blogue, que pode rever clicando aqui, mas, como acho que os seus "mares" são muito inspiradores, pedi-lhe que me enviasse um pequeno texto e algumas fotografias sobre eles. Deixo-vos pois com os "mares" de Heather em língua portuguesa e, depois em língua inglesa:



Clique em cima da imagem para a aumentar

Meu nome é Heather Gabrielle Rogers, tenho 26 anos de idade e sou da pequena cidade Mathews, VA, tendo crescido na Baía de Chesapeake. Eu gosto de me considerar uma artista bastante completa, pois inspirei-me um pouco em cada embarcação que se cruzou comigo. Depois de trabalhar como pintora de letreiros de embarcações, rapidamente desenvolvi um grande interesse por veleiros e, quando a oportunidade chegou, mudei-me para um veleiro chamado "Wabi" com meu melhor amigo e companheiro, Stefan Auer.


Clique em cima da imagem para a aumentar

Num dos vários cruzeiros no Wabi, durante uma viagem de retorno das Bahamas em 2009, observei uma demonstração sobre a realização de veleiros em garrafas no Museu Marítimo de Beaufort na Carolina do Norte. Eu precisava de um tipo de actividade com produtos suficientemente pequeno para caber num barco e era isso!  Comecei  logo a recolher informações em livros, internet e artigos de revista, e depois de ter visto algumas demonstrações de como esculpir madeira, por parte de Stefan, eu encontrei o meu próprio caminho para realizar miniaturas de veleiros em garrafas no meu tempo livre. Até o momento completei quase 30 miniaturas de veleiros e cenas em garrafas.

Clique em cima da imagem para a aumentar

Embora ainda seja uma recente miniaturista de barcos em garrafas  tenho desenvolvido uma grande paixão por eles e esforço-me para desenvolver minhas habilidades com cada novo modelo. Como resultado de meu interesse também desenvolvi um site onde coloco imagens dos meus trabalhos e espero assim ajudar a manter viva a tradição deste tipo de arte náutica original e tradicional, compartilhando-a com qualquer um para que possa perdurar para as gerações vindouras.

Meus veleiros em garrafas podem ser vistos no meu site: http://www.shipinbottles.com/

________//_________


 My name is Heather Gabrielle Rogers, I’m a 26 year old, small town girl from Mathews, VA and have grown up on the Chesapeake Bay. I like to call myself a well-rounded artist and have tried a little of every craft that has come my way. After working as a sign painter and boat letterer, I quickly developed a huge interest in sailboats, and when the chance arrived, moved onto a 40’ steel boat called “Wabi” with my best friend and companion, Stefan Auer.

Clique em cima da imagem para a aumentar

 We’ve taken multiple cruises on our boat and during a return trip from the Bahamas in 2009, I observed a demonstration on putting ships in bottles at the Beaufort Maritime Museum in North Carolina. I needed a new craft small enough to fit on a boat and this was it!

Clique em cima da imagem para a aumentar

I soon began gathering information from books, internet, and magazine articles, and after getting a few carving demonstrations from Stefan, I was well on my way to making one ship after another in my free time. To date, I have completed nearly 30 ships and scenes in bottles.

Clique em cima da imagem para a aumentar

Though I have only been working for a short period of time, I have developed a great passion for the craft and strive to develop my skills further, with each new model. As a result of my interest, I have developed a website and post my ships in bottles on multiple sites on the internet. Overall, I hope that I can aid in keeping this unique and traditional nautical artwork alive, where it can be shared with any and all people for generations to come.

Clique em cima da imagem para a aumentar

My ships in bottles can be seen on my website: http://www.shipinbottles.com/


My Ship in Bottle Facebook Page: http://www.facebook.com/shipinbottles

...

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Miniature ships

Encontrei o vídeo que se segue sobre uma exposição de trabalhos de Donald McNarry na Galeria Parker. Clique em cima da imagem para o ver (no Facebook clique aqui).

MINIATURE SHIPS



Deve notar-se que estamos a falar de miniaturistas e não de modelistas, pois a escala destes artistas é muito maior e semelhante à de quem realiza veleiros dentro de garrafas.

Além de Donald Mcnarrys, cujos trabalhos também pode ver clicando aqui  há um outro miniaturista que se reclama seu admirador, Lloyd McCaffery, de que pode ver algumas as suas miniaturas, clicando  aqui  e aqui .
...

sábado, 30 de abril de 2011

"Mares" Russos I / корабль в бутылке


Alguns dos melhores miniaturistas de "mares" são russos, como Artem Popov cujo site podem visitar clicando aqui . Encontrei este vídeo no youtube e nele podemos ver a categoria dos russos, para o verem no Facebook, cliquem aqui.






...

domingo, 24 de abril de 2011

Os "Mares" de Bohuslav Karban


Bohuslav Karban enviou-me algumas fotografias do seu "mar" mais  recente: o veleiro Checo LA GRACE, fiquem com as imagens desse trabalho muito belo e limpo!
























Bohuslav Karban tem um site chamado "Bottle Ships and Architectural Models" que pode ver, clicando aqui.

...

quarta-feira, 6 de abril de 2011

"Mares" do Hellenic Maritime Museum


No Museu Marítímo Helénico, na Grécia, também existem "mares de garrafas, na fotografia temos a peça número 2388 da sua colecção: o veleiro Triistio Aeolus, feito por Athanasios Giannikos.


Clique na fotografia para a aumentar

sexta-feira, 1 de abril de 2011

"Mares da II Guerra Mundial"


Pude encontrar num site dedicado às relíquias de guerra (a que pode aceder clicando aqui) esta garrafa com um grande veleiro de pavilhão nazi. Segundo a descrição de quem a apresenta nesse espaço a embarcação tem também o pavilhão italiano e teria sido  realizada por um prisioneiro de guerra com essa nacionalidade (o que eu penso ser algo estranho por serem países pertencentes ao Eixo).

Clique na foto para a aumentar

 Existem dois nomes no interior da garrafa,  possívelmente o do fabricante, "A. Pedeazoli" (escrito no mais ínfimo pedaço de papel e colocada na parte interna do fundo da garrafa), e talvez o do veleiro, "Lotto", (também escrito em um pedaço de papel  dentro do gargalo). A garrafa é triangular, tem uma tampa de vidro e cortiça e tem uma inscrição em inglês na sua parte inferior onde se lê: "Esta não deve ser usado como um recipiente de alimento". O veleiro é muito completo e está acompanhado por um pequeno iate.

Clique na foto para a aumentar

Agradecemos a Mr. Dimas a autorização para a publicação deste conteúdo.

...