Translator / Traducteur / Übersetzer / översättaren / переводчик / 翻訳者

O NOSSO PROPÓSITO

O Capitão Haddock da banda desenhada do Tintin é uma boa caricatura de como se atribui a relação entre o mar e as garrafas ao alcoolismo dos marinheiros. No entanto a relação que mais nos interessa é a de que os marinheiros tinham com as garrafas já vazias. Tal como com o álcool, a atenção requerida pela introdução de modelos de veleiros no interior de garrafas -pelos seus gargalos- fazia-os evadirem-se da sua dura realidade. Ao contrário das fantasias de Baco o resultado desta outra relação era uma fantasia perdurável com um significado quase bíblico, o do buraco da agulha e do camelo.

O Mar das Garrafas será um espaço de divulgação de uma arte que, mais do que uma evasão, constitui um meio de trabalhar a persistência. Aqui apresentarei trabalhos já realizados, outros a realizar, trabalhos de outros, os resultados da minha pesquisa contínua sobre a história e as mútiplas envolvências desta arte, especialmente a das embarcações tradicionais.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

AS VELAS DO ENTARDECER, ESTUÁRIO DO N'KOMATI, MOÇAMBIQUE


Aqui vos deixo com mais um vídeo sobre as lanchas de bastardo da foz do rio N'komati, com Maputo na margem direita e Catembe na esquerda. Estas, contrariamente às embarcações do mesmo tipo mais para norte de Moçambique, embolsam a vela por dentro da enxárcia à maneira portuguesa.




A conversa espontânea que se ouve decorre entre mim e o meu amigo Pedro com quem fui, mais uma vez, a Moçambique. Obrigado Pedro!

Clique aqui para aceder ao vídeo no Facebook.

...

Sem comentários: