Translator / Traducteur / Übersetzer / översättaren / переводчик / 翻訳者

O NOSSO PROPÓSITO

O Capitão Haddock da banda desenhada do Tintin é uma boa caricatura de como se atribui a relação entre o mar e as garrafas ao alcoolismo dos marinheiros. No entanto a relação que mais nos interessa é a de que os marinheiros tinham com as garrafas já vazias. Tal como com o álcool, a atenção requerida pela introdução de modelos de veleiros no interior de garrafas -pelos seus gargalos- fazia-os evadirem-se da sua dura realidade. Ao contrário das fantasias de Baco o resultado desta outra relação era uma fantasia perdurável com um significado quase bíblico, o do buraco da agulha e do camelo.

O Mar das Garrafas será um espaço de divulgação de uma arte que, mais do que uma evasão, constitui um meio de trabalhar a persistência. Aqui apresentarei trabalhos já realizados, outros a realizar, trabalhos de outros, os resultados da minha pesquisa contínua sobre a história e as mútiplas envolvências desta arte, especialmente a das embarcações tradicionais.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

"Mares" de Paris


Não existem muitas fotografias sobre o processo artístico de colocar um veleiro numa garrafa, mas encontrámos uma, fantástica pela sua expressividade, tirada em Paris, França, em 1962. Vejam como o rosto do artesão está plenamente concentrado na arte de fazer passar "um camelo pelo buraco de uma agulha" em plena rua, perante o olhar de curiosos!




Embora os leigos não possam perceber que se está a introduzir um veleiro no interior de uma garrafa, podemos afirmá-lo. Vê-se o gurupés da embarcação e os cabos que saem pelo gargalo são reveladores de uma das técnicas para esse efeito.


Agradeço a autorização para a publicação desta fotografia fantástica ao Blogue Fa Do Si

...

segunda-feira, 21 de maio de 2012

"Mares" austrais


 Não há muitas notícias de "Mares de garrafas" na Austrália, mas tal não implica que os "mares" da Oceania sejam poucos. Descobrimos dois no Australian National Maritim Museum, onde a Endeavour de James Cook, pontua, claro está!






Curiosamente as duas garrafas que apresentamos têm um gargalo muito curto, bem facilitador das operações, mas pouco desafiante!
...

domingo, 13 de maio de 2012

Mais um "Mar" do Juan


  O meu Amigo, madrileno, Juan del Barrio enviou-me algumas fotos do trabalho que tem agora em mãos, a embarcação inglesa "Prince" de 1670. As imagens falam por si, apreciem o pormenor!






















...

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Os "Mares" do Maine


No Maine Maritime Museum, nos Estados Unidos da América, também existe uma colecção de "mares de garrafas". Deixo-vos algumas fotografias.





















 


...


terça-feira, 1 de maio de 2012

Os meus "Mares" baleeiros

Para este dia 1 de Maio de 2012, Dia do Trabalhador, Deixo-vos imagens fotográficas de uma belíssima embarcação de trabalho, a canoa baleeira açoreana de que estou a realizar uma miniatura para um "mar de garrafa".

Trata-se de uma embarcação típica das Ilhas dos Açores que descende das baleeiras  americanas do Séc. XIX. No entanto é mais comprida e leva mais dois remadores, pois, ao contrário da americana que era transportada pelos navios baleeiros e era largada perto dos cetáceos, esta parte das ilhas, a grande distância da caça. 
 


A caça ao cachalote foi interdita em meados dos anos oitenta do século passado, mas, felizmente, esta elegantíssima embarcação perdurarou e hoje serve para regatas. Apreciem a sua beleza no vídeo que se segue.




...