Translator / Traducteur / Übersetzer / översättaren / переводчик / 翻訳者

O NOSSO PROPÓSITO

O Capitão Haddock da banda desenhada do Tintin é uma boa caricatura de como se atribui a relação entre o mar e as garrafas ao alcoolismo dos marinheiros. No entanto a relação que mais nos interessa é a de que os marinheiros tinham com as garrafas já vazias. Tal como com o álcool, a atenção requerida pela introdução de modelos de veleiros no interior de garrafas -pelos seus gargalos- fazia-os evadirem-se da sua dura realidade. Ao contrário das fantasias de Baco o resultado desta outra relação era uma fantasia perdurável com um significado quase bíblico, o do buraco da agulha e do camelo.

O Mar das Garrafas será um espaço de divulgação de uma arte que, mais do que uma evasão, constitui um meio de trabalhar a persistência. Aqui apresentarei trabalhos já realizados, outros a realizar, trabalhos de outros, os resultados da minha pesquisa contínua sobre a história e as mútiplas envolvências desta arte, especialmente a das embarcações tradicionais.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Os Mares de Euskadi

O blogue "Caxinas a Freguesia" publicou agora um post sobre o  Museu Naval de San Sebastian, Untzi Museoa, no País Basco. 
 Isto fez-me lembrar um outro museu, também no País Basco, o Euskal Museoa - Museo Vasco, em Bilbao. A sua colecção de Mares das Garrafas -na fotografia em cima-  é muitíssimo boa e tenho que ir vê-la pessoalmente.


2 comentários:

Sergio Nunes disse...

David, que belas miniaturas nos trouxe. Um trabalho muito interessante e diferente dos que tenho visto. Quanto as outras que for ver pessoalmente, tire fotos para que possamos também conhecê-las.

Um abraço!

David Luna de Carvalho disse...

Claro, Sérgio, fica prometido!