Translator / Traducteur / Übersetzer / översättaren / переводчик / 翻訳者

O NOSSO PROPÓSITO

O Capitão Haddock da banda desenhada do Tintin é uma boa caricatura de como se atribui a relação entre o mar e as garrafas ao alcoolismo dos marinheiros. No entanto a relação que mais nos interessa é a de que os marinheiros tinham com as garrafas já vazias. Tal como com o álcool, a atenção requerida pela introdução de modelos de veleiros no interior de garrafas -pelos seus gargalos- fazia-os evadirem-se da sua dura realidade. Ao contrário das fantasias de Baco o resultado desta outra relação era uma fantasia perdurável com um significado quase bíblico, o do buraco da agulha e do camelo.

O Mar das Garrafas será um espaço de divulgação de uma arte que, mais do que uma evasão, constitui um meio de trabalhar a persistência. Aqui apresentarei trabalhos já realizados, outros a realizar, trabalhos de outros, os resultados da minha pesquisa contínua sobre a história e as mútiplas envolvências desta arte, especialmente a das embarcações tradicionais.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

O "Mar" de Yinka Shonibare foi inaugurado!




O "Mar de Garrafa" do artista anglo-nigeriano Yinka Shonibare foi inaugurado a 24 de Maio deste ano em Trafalgar Square, Londres, Inglaterra. O "Mar" de Yinka representa o navio de Nelson, o HMS Victory (foto anterior), numa garrafa, feita em acrílico por especialistas em aquários de Roma. Com 4.7 m de comprimento e 2,8 m de diâmetro, este "Mar" -provavelmente o primeiro erguido a categoria de monumento nacional- reflecte  o simbolismo histórico de Trafalgar Square e interliga-o com a actual multiculturalismo londrino, pois as 37 velas do navio de Nelson são feitas de tecidos estampados com padrões africanos. É pena que o gurupés não esteja voltado para a base da garrafa, pois seria a forma de assinalar outra referência cultural, a asiática!








Em baixo pode ver-se como se utilizou o método de Alain Trégou da ABB (na primeira fotografia que se segue) para construir o "Mar" que agora é de Trafalgar Square :-)))!

 



















2 comentários:

Anónimo disse...

Fantástico! Gostei imenso de ver. É um monumento a Trafalgar talvez, mas para mim é sobretudo aos barcos em garrafas...

Fátima Sá

David Luna de Carvalho disse...

Concordo! Sabemos que o Victory é o barco de Nelson, sabemos que os padrões das velas são africanos, mas e a garrafa?