Translator / Traducteur / Übersetzer / översättaren / переводчик / 翻訳者

O NOSSO PROPÓSITO

O Capitão Haddock da banda desenhada do Tintin é uma boa caricatura de como se atribui a relação entre o mar e as garrafas ao alcoolismo dos marinheiros. No entanto a relação que mais nos interessa é a de que os marinheiros tinham com as garrafas já vazias. Tal como com o álcool, a atenção requerida pela introdução de modelos de veleiros no interior de garrafas -pelos seus gargalos- fazia-os evadirem-se da sua dura realidade. Ao contrário das fantasias de Baco o resultado desta outra relação era uma fantasia perdurável com um significado quase bíblico, o do buraco da agulha e do camelo.

O Mar das Garrafas será um espaço de divulgação de uma arte que, mais do que uma evasão, constitui um meio de trabalhar a persistência. Aqui apresentarei trabalhos já realizados, outros a realizar, trabalhos de outros, os resultados da minha pesquisa contínua sobre a história e as mútiplas envolvências desta arte, especialmente a das embarcações tradicionais.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

O Mar do Nuno Miranda


O Nuno Miranda, na foto, é um dos meus mais velhos amigos e foi com ele que aprendi a apaixonar-me por barcos. 


Em Angola, no Dundo, o mar ficava, a mais de um milhar de kms, em Luanda, onde embarcávamos nos paquetes coloniais para as férias no Puto (Portugal).

 

Os únicos barcos que tínhamos mais perto estavam no rio Luachimo e eram pequenas lanchas a motor. Uma delas tinha sido feita pelo pai do Nuno e  foi palco das mais inenarráveis aventuras!
  

Muito mais tarde, depois do meu regresso do Nordeste da Ilha de S. Miguel, onde vi o meu primeiro mar das garrafas, foi a minha vez de partilhar esta paixão com ele. Alguns dos resultados estão nas fotografias que se seguem:


Escuna americana         

















                                   Xaveco argelino













        
Caravela com pano redondo (portuguesa)                 

    

3 comentários:

Nuno Miranda disse...

Velho, protesto contra a colocação da minha imagem aqui. Ou é nu, ou é nada! Quando muito, uma mini-parra recém-brotada da videira, ainda meio transparente!
Abraço
Nuno

David Luna de Carvalho disse...

Exibicioniosta!!!!

Maçã de Junho disse...

Tio Nuno: assim estás muito bem! qual parra qual quê!
Pai: Parabêns, o blog está lindo!

Tua
M